(Créditos da imagem: Reprodução).

Um novo estudo,  publicado no Journal of Geophysical Research: Planets, indica que Vênus é feito de lava basáltica. Esta descoberta enfraquece a ideia de que Vênus poderia ter sido semelhante à Terra com um antigo oceano de água líquida.

Os estudos anteriores sugeriram que Vênus era quente e úmido com base na química de sua atmosfera e na presença de terras altas. Pensava-se que essas terras altas eram formadas por rochas graníticas, como os continentes da Terra, que exigem a formação de oceanos de água.

No entanto, cientistas do Instituto Lunar e Planetário (LPI, na sigla em inglês) descobriram que um fluxo vulcânico no planalto Ovda Regio de Vênus é composto por lava basáltica, questionando a ideia de que o planeta já foi como a Terra há bilhões de anos.

Publicidade

A equipe do LPI redesenhou o fluxo de lava do Ovda Fluctus com base em dados de radar e descobriram que o fluxo não é granítico, como era esperado, mas formado por rochas de basalto que podem se formar com ou sem água. O resultado tem implicações potencialmente significativas para a história evolutiva de Vênus.

“Sabemos muito pouco sobre a superfície de Vênus”, disse o Dr. Allan Treiman, cientista da Associação de Pesquisa Espacial das Universidades (USRA, na sigla em inglês) do LPI. “Se as terras altas de Ovda Regio são feitas de rochas basálticas, então elas provavelmente foram espremidas até suas alturas atuais por forças internas”, observou Treiman. [USRA].

Publicidade
Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.