(Créditos da imagem: Mark Fitzpatrick).

Uma foto engraçada tirada quando uma tartaruga parece estar dando o “o dedo do meio” para o fotógrafo vence o concurso de fotografias do reino animal.

A natureza pode ser selvagem e assustadoras às vezes — mas também é adorável e engraçada, dependendo do ângulo. São fotos desses momentos que a Comedy Wildlife Photography Awards premia todos os anos.

A grande vencedora do Comedy Wildlife Photography Awards é a foto de uma tartaruga que parece estar mostrando “o dedo do meio” para a câmera.

O fotógrafo Mark Fitzpatrick é o autor da imagem e conquistou o troféu feito à mão na Tanzânia, além de uma semana em um safári no Quênia para duas pessoas e uma câmera fotográfica da marca Nikon.

Na disputa, ele enfrentou outros 43 concorrentes com fotos de animais em situações inusitadas ou curiosas,  como a de uma girafa entrando no meio de uma selfie, um peixe estampando um sorriso simpático e um guaxinim em posição comprometedora — esse último registro feito por Charlie Davidson foi o vencedor na categoria Criaturas da Terra.

Segundo os organizadores do projeto, a premiação visa “aumentar a conscientização sobre os esforços de conservação de uma maneira envolvente e positiva”.

No Instagram do projeto, o fotógrafo foi parabenizado pelos organizadores. “Vamos deixar as interpretações para você, mas é um vencedor adequado e, portanto, parabéns ao nosso Mark. Obrigado a todos que participaram, e todos que seguem a mensagem de conservação que tentamos passar. Como sempre dizemos, um pouco de esforço é melhor do que nada.”

Outra imagem premiada, na categoria Criaturas Voadoras, foi uma pequena libélula, fotografada por Tim Hearn. Já na categoria Escolha Popular, o público decidiu premiar um roedor que está olhando para o céu, em momento capturado por Roland Kranitz.

Você pode conferir todos os vencedores no site da premiação.

Com informações do Diário de Pernambucano.

Este texto foi originalmente publicado por Realidade Simulada. Leia o original aqui.