(Créditos da imagem: NASA).

Os selfies do rover Curiosity, veículo do tamanho aproximado de um carro médio destinado a explorar a superfície de Marte, são bastante polêmicos porque o braço robótico do rover não aparece nas fotografias.

No entanto, quando você está olhando para uma selfie do rover Curiosity, você está vendo uma montagem com diversas fotos. Os pesquisadores criam um mosaico de imagens excluindo aquelas fotos em que parte do braço aparece, o que não é muito difícil.

“É muito fácil manter o braço fora da imagem, pois o ângulo de dobra do braço do robô é grande, e o ângulo de visão da câmera é bastante favorável”, explica Michael Ravine, cientista que “criou” a selfie do primeiro aniversário de um ano marciano do Curiosity.

Publicidade

O Curiosity explora atualmente a superfície marciana como parte da missão Mars Science Laboratory da NASA. A missão que levou o rover até Marte foi lançada em 26 de novembro de 2011 da Estação da Força Aérea dos Estados Unidos de Cabo Canaveral, na Flórida, com o rover Curiosity tendo aportado no ponto de pouso, a cratera marciana denominada Gale, em 06 de agosto de 2012, após uma jornada de 560 milhões de quilômetros.

Fonte:Galeria do Meteorito
Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.