A incomum cobra de três olhos foi encontrada em março e faleceu na semana passada. (Créditos da imagem: Northern Territory Parks and Wildlife).

Uma píton-tapete de três olhos foi encontrada por guardas florestais do Northern Territory Parks and Wildlife, perto de Darwin, na Austrália.

A espécie, de nome científico Morelia spilota, pode alcançar cerca de 4 metros de comprimento e é comumente encontrada na Austrália, na Indonésia e na Papua-Nova Guiné. A píton de três olhos era jovem — aparentemente com menos de três meses e medindo apenas 40 centímetros — e foi apelidada de Monty quando foi encontrada no final de março, mas, infelizmente, faleceu na semana passada.

“É notável que ela foi capaz de sobreviver muito tempo na selva com sua deformidade, e ela estava se esforçando para se alimentar antes de morrer na semana passada”, disse Ray Chatto ao NT News. O corpo da cobra foi doado à ciência e agora está na Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth, em Darwin.

Publicidade

Sua malformação craniana é o que torna esse espécime em particular tão fascinante. Seu terceiro olho funcionava perfeitamente e a equipe teve que colocar o bicho em um equipamento de raios-X para entender corretamente o que estava acontecendo. Os exames mostraram que ela nasceu com uma órbita adicional, formada quando a píton era um embrião.

A equipe informou que répteis (principalmente) com malformações são relativamente comuns.