(Créditos da imagem: PedRodarte).

Não é só de pão de queijo que vive Minas Gerais. A capital mineira, Belo Horizonte possui uma importante comunidade formada por mais de 430 startups.

Com a compra da Akwan Information Technologies pelo Google em 2005, o número de empresas de tecnologia em Minas Gerais, especialmente na capital, Belo Horizonte, passou a crescer muito.

O nome San Pedro Valley começou como uma brincadeira. Como conta o CEO da Vidmonsters, Matt Montenegro, em seu blog Vida de Startup, um dia, em uma padaria, em um encontro entre amigos de diferentes startups, um deles disse que “aqui parece o Vale do Silício, toda hora esbarramos com um CEO de uma startup. Aqui é o San Pedro Valley”, se referindo ao bairro de São Pedro, lar de empresas de tecnologia.

Publicidade

A brincadeira caiu no gosto e várias pessoas passaram a utilizar o termo no Twitter, até que um dia a jornalista francesa Anna Heim escreveu sobre a comunidade, chamando-a de San Pedro Valley. Então o nome ficou.

Além do nome ter surgido como uma brincadeira, a comunidade possui outra diferença dos outros parques. Não há um líder formal e não há hierarquia. Os participantes da comunidade se organizam entre si.

Em 2013 o governo de Minas Gerais criou o SEED, sigla para Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Desenvolvimento de Ecossistema de Startups e Empreendedorismo, em tradução livre) um programa para a aceleração de startups e beneficia, atualmente, quase 200 empresas.

Publicidade

A comunidade conta ainda, atualmente, com 6 aceleradoras, 5 incubadoras de empresas, 6 fundos de investimentos e 436 startups.

Em 2014 e 2015, o San Pedro Valley ganhou o prêmio de melhor comunidade de startups do Brasil pelo Startup Awards, da Associação Brasileira de Startups. A comunidade recebeu diversos outros reconhecimentos, assim como suas empresas.

De acordo com o que disse Matt Montenegro em seu blog, Belo Horizonte ainda precisa melhorar na questão da infraestrutura e na falta de mão de obra qualificada para que a comunidade possa se expandir ainda mais. Matt destaca a amizade e a interação entre os participantes da comunidade, e diz que San Pedro Valley trata-se de “uma mentalidade e não uma comunidade de startups propriamente dita”.

Publicidade

Referências:

    1. MONTENEGRO, Matt. San Pedro Valley: O que é a comunidade de startups de Belo Horizonte; Vida de Startup. Acesso em: 14 jan. 2018.
    2. San Pedro Valley. Sobre o San Pedro Valley. Acesso em: 14 jan. 2018.
    3. SEED. O SEED. Acesso em: 14 jan. 2018.