(Créditos da imagem: Reprodução/SpaceAnswers).

Todos os planetas do Sistema Solar são esféricos. Na verdade, são objetos significativamente maciços. Isso ocorre porque quanto maior um objeto é, maior sua força gravitacional será. Assim a massa acumula-se e a pressão desse peso faz com que a maioria do material se torne líquido, e, portanto, uma esfera é formada.

No entanto, digamos que a Terra tivesse a forma de um cubo. A gravidade seria mais forte no centro de cada lado (desde que a força da gravidade aumente quanto mais próximo ao centro de gravidade). Como resultado, toda a água e a atmosfera poderiam ser atraídas para o centro dos lados.

Então, as bordas da Terra seriam feitas de rochas estéreis sem atmosfera, e o centro de cada lado abrigaria oceanos gigantes e uma atmosfera muito espessa. Seria um planeta muito diferente do nosso.

Publicidade
Adaptado de Jonathan O’Callaghan para o Space Answers.
Compartilhe:
Avatar
Nativo de Lages, Santa Catarina, eu sou cético, liberal, secularista, humanista, ateísta, pacifista, roqueiro punk, flamenguista e um fã assíduo da ciência, da música, do esporte e da literatura. Apaixonado por rock e pelo Universo, sonho em me tornar um guitarrista e astrofísico profissional (e, quem sabe, abocanhar um Nobel e um Grammy). Sou constantemente inspirado todos os dias por bandas como Nirvana e Green Day, por músicas como Smells Like Teen Spirit e Wake Me Up When September Ends, por guitarristas como Kurt Cobain e Billie Joe Armstrong, por livros como Cosmos e a série Mochileiro das Galáxias e por personalidades históricas como Carl Sagan e Albert Einstein. Atualmente ocupo meu tempo compondo músicas, escrevendo textos, lendo, tocando guitarra, assistindo minhas séries preferidas, cantando no chuveiro, dançando em festas ou puxando ferro na academia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.