(Créditos da imagem: Reprodução).

Uma nova lei das Filipinas exige que todos os alunos do ensino médio e superior plantem pelo menos 10 árvores antes de se formarem. A lei formaliza a tradição de plantio de árvores após a formatura e visa combater as mudança climáticas.

Os proponentes da lei dizem que o regulamento pode resultar em até 525 bilhões de árvores plantadas ao decorrer de uma geração.

Gary Alejano, representante do partido Magdalo e o principal autor da legislação, disse: “Com quase cinco milhões de alunos concluindo o ensino médio e quase 500 mil finalizando a faculdade a cada ano, esta iniciativa, se for implementada adequadamente, garantirá que pelo menos 175 milhões de novas árvores sejam plantadas a cada ano”.

Muito provavelmente, as árvores serão plantadas em manguezais, florestas existentes, algumas áreas protegidas, áreas militares, áreas de mineração abandonadas e áreas urbanas selecionadas, de acordo com a CNN.

O governo informou que as espécies selecionadas para o plantio devem ser apropriadas para cada localidade, clima e topografia da área. Também haverá preferência por espécies nativas.

Além do impacto imediato de absorção de carbono das árvores, espera-se que a lei proporcione mais compreensão ambiental para as futuras gerações e sirva de exemplo para novas iniciativas ecológicas. [Independent].