Sycamore, o novo processador quântico do Google. (Créditos da imagem: Google).

O Google anunciou oficialmente que alcançou a supremacia quântica em um novo artigo publicado na revista científica Nature. A confirmação foi feita um mês após o vazamento inicial, quando o artigo do Google foi acidentalmente publicado. Agora, no entanto, é oficial, o que significa que todos os detalhes da pesquisa são públicos e a comunidade científica em geral pode examinar completamente o que o Google afirma ter alcançado.

De acordo com a empresa de tecnologia, o processador Sycamore de 54-qubit foi capaz de realizar um cálculo em 200 segundos que levaria 10 mil anos ao supercomputador mais poderoso do mundo. Isso significaria que o cálculo, que envolvia a geração de números aleatórios, é essencialmente impossível em um computador tradicional, não quântico. [The Verge].

Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.