(Créditos da imagem: Reprodução).

O que sabemos é que a diversidade de organismos vivos é resultado do processo evolutivo.

A evolução é um fato que está baseada em várias evidências como, por exemplo, nos pseudogenes, nos retrovírus endógenos compartilhados e no fato de que todos os organismos compartilham genes em comum.

O registro fóssil é uma forte evidência evolutiva, pois com ele podemos ver características em comum entre as linhagens mais próximas, a anatomia comparada e a distribuição geográfica de espécies vivas. A embriologia vai ainda mais longe, porque ela mostra a factualidade da ancestralidade comum.

Simplesmente não há dúvida que ancestralidade comum dos seres vivos é um fato.

Além do mais, a especiação já foi observada, assim como os mecanismos responsáveis pelos processos evolutivos em si (mutação, seleção natural, deriva genética e fluxo gênico).

Publicidade

Referências:

  1. WILCOX, Christie. “Evolution: Watching Speciation Occur | Observations”; Scientific American. Acesso em: 24 jun. 2018.
  2. PETROV, D. A. et al. “Pseudogene evolution and natural selection for a compact genome”; NCBI, 2000. Acesso em: 24 jun. 2018.
Compartilhe:
Leonardo Brogliato
Meu nome é Leonardo Brogliato de Moraes, sou de São Paulo e tenho 22 anos de idade. Estou na graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Anhembi Morumbi e pretendo seguir carreira científica.

2 comentários

  1. Tens certeza disto? Ou continuas buscando e gosta das ideias de outros, como eu? Um ancestral comum pode ter existido, várias evidencias e a lógica racional aponta para esta solução. mas como nunca foi mostrado, comprovado cientificamente, continua sendo uma teoria. Porem a logica racional nps leva a duvidar da teoria da biogênese tal como ela está’ hoje e a duvidar do mecanismo proposto pela teoria evolucionista de Darwin. Talvez o ancestral comum nunca tenha existido na superfície da Terra, como propõem os resultados dos meus modelos e cálculos teóricos.
    Uma analogia pode embasar a minha teoria. Todos irmãos de uma família vem de um ancestral comum, que foi um casal de humanos. E o metodo natural pelo qual isso acontece e’ unicamente pela transmissão de DNA, de geradores a herados. Pois então quando surgiu a Vida neste planeta ela deve ter recebido do ancestral, algo como o DNA. Se ela veio do inorganico, esse ancestral DNA deve ter sido inorganico. Então quem foi o ancestral e o que e’ esse DNA inorganico? Ora, justamente o que meus resultados estão a indicar: o building block desta galaxia onde a vida surgiu e portanto criada por ela e’ baseado num circuito sistemico que pode ser representado como uma formula, e esta formula semeada na superfície da Terra dirigiu o período e processos da abiogêneses a reproduzir este ancestral astronomico. Por isso denominei a formula de Matrix/DNA. Mas não se irrite com essa ameaça `a teoria darwiniana, pois estou como vocês, sem provas ainda. E’ teoria logica contra teoria logica.

    • A evolução é um fato científico, temos graus de parentesco com todas as formas de vida e como já disse no texto,em alguns casos podemos observar a especiação e além das evidências da embriologia e da anatomia dos animais.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.