Em um documento apresentado à Comissão Federal de Comunicações dos Estados Unidos, divulgado pelo The Verge, a SpaceX detalha seus planos para o primeiro teste orbital da Starship.

Continua após a publicidade

O voo orbital é um passo fundamental para enviar os humanos à Lua e ao planeta Marte, tornando esta viagem um ponto chave para a companhia espacial liderada por Elon Musk.

Pousando no Havaí

Sem nenhum tripulante a bordo, o primeiro voo orbital da Starship (ainda não será a versão final da nave, mas sim um protótipo) decolará das instalações da companhia em Boca Chica, no Texas, impulsionada pelo foguete Super Heavy, de 70 metros de comprimento. Três minutos após a decolagem, o foguete irá se separar da Starship e pousar no Golfo do México, a 30 quilômetros da costa.

A Starchip continuará com seu voo, passando pelo Estreito da Flórida antes de alcançar à órbita terrestre. Em seguida, o protótipo iniciará o procedimento de descida, pousando em uma plataforma a 100 quilômetros da costa noroeste da ilha de Kauai, no Havaí.

Continua após a publicidade
Trajetória da Starship durante o teste orbital.
Trajetória da Starship durante o teste orbital.
Reprodução/SpaceX

O documento não especifica a data para o voo, mas há indicações de que o teste ocorrerá entre os dias 20 de junho e 20 de dezembro deste ano.

Coleta de Dados

A SpaceX pretende “coletar o máximo de dados possíveis durante o voo para quantificar a dinâmica de entrada e entender melhor o que o veículo experimenta em um regime de voo que é extremamente difícil de prever ou replicar com precisão”.

A Starship faz parte dos esforços da SpaceX para enviar os primeiros astronautas à Lua desde 1972 sob um contrato com a NASA. Recentemente, a companhia lançou cinco protótipos da StarShip, com o mais recente se tornando o primeiro a pousar com segurança. Talvez, em breve veremos o primeiro a chegar ao espaço.

Continua após a publicidade

Com informações de Futurism e TecMundo.