(Créditos da imagem: Universidade de Otago).