(Créditos da imagem: Reprodução).

Massimiliano Fedriga, uma das figuras mais conhecidas na Itália pela propagação do movimento anti-vacinas, foi internado com catapora. A vacina contra essa doença existe desde 1984.

O próprio Fedriga divulgou a notícia por meio do Twitter. Na rede social, vários especialistas compartilharam uma publicação com matérias sobre a importância da vacinação ainda quando criança. Massiliano tentou se defender, mas foi atacado novamente, segundo o jornal italiano La Vanguardia.

Em 2017, Massimiliano foi contra um decreto na Itália que estabelecia a vacina compulsória a todas as crianças que estivessem matriculadas em escolas. À época, ele disse que os próprios filhos foram vacinados, mas acreditava que isso não poderia ser forçado.

Publicidade
Fonte:Metrópoles
Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.