(Créditos da imagem: NOAA Office of Ocean Exploration and Research).

Banquetes são raros na paisagem estéril das profundezas do oceano. Assim, os pesquisadores não acreditaram quando observaram um frenesi alimentar de tubarões do fundo do mar que devoravam um espadarte na costa dos Estados Unidos.

Mas eles não imaginaram que também registrariam imagens de um desses tubarões se tornando presa de uma outra criatura do fundo do mar.

Com o rover aquático pairando nas proximidades, um peixe gigante aproveitou a sombra do submersível para se esconder. Ninguém pode culpar um peixe cauteloso por se conter enquanto tubarões vorazes se alimentam, mas esse peso-pesado tinha planos de transformar um dos comensais em seu jantar.

Publicidade

Um vídeo postado pela Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos EUA (NOAA, na sigla em inglês) mostra as consequências da emboscada causada pelo peixe.

Publicidade

A ação ocorreu em uma profundidade de cerca de 450 metros perto de um aumento no fundo do mar a 130 quilômetros da costa da Carolina do Sul. [ScienceAlert].

Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.