(Créditos da imagem: (AFP PHOTO/Polish Navy/8th Coastal Defence Flotilla).

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas.

De Marcelo Ribeiro para o HypeScience.

O dispositivo — apelidado de “Tallboy” e também conhecido como “bomba terremoto” — foi lançado pela Força Aérea Real em um ataque a um navio de guerra nazista em 1945.

A bomba foi encontrada no ano passado a uma profundidade de 12 metros com apenas o nariz para fora durante a dragagem do canal perto da cidade portuária de Swinoujscie, no noroeste da Polônia.

LEIA TAMBÉM: O que o Brasil fez na Segunda Guerra?

Com mais de seis metros de comprimento, ele carregava 2,4 toneladas de explosivos, o equivalente a cerca de 3,6 toneladas de TNT.

A Marinha polonesa havia afirmado anteriormente ter descartado a ideia tradicional de uma explosão controlada por medo de destruir uma ponte localizada a cerca de 500 metros de distância (que aparece a esquerda em alguns quadros do vídeo).

Em vez disso, a marinha planejou usar uma técnica conhecida como deflagração de queima de explosiva sem causar uma detonação, usando um dispositivo que perfura a superfície da bomba e inicia a combustão, tudo através de controle remoto.

Mas no fim das contas, “o processo de deflagração se transformou em detonação”, afirmou Grzegorz Lewandowski, porta-voz da 8ª Flotilha de Defesa Costeira da Marinha polonesa com base em Swinoujscie.

“Não houve risco para os indivíduos diretamente envolvidos”, afirmou, acrescentando que a bomba “pode ser considerada neutralizada”.

Não houve relatos de ferimentos durante a operação ou danos a propriedades.

Centenas de pessoas evacuadas

Antes do início da operação nesta semana, Lewandowski disse que era “um trabalho muito delicado”, acrescentando que “a menor vibração poderia detonar a bomba”.

Comparação de tamanho da Tallboy com um humano. (Créditos da imagem: Reprodução).

Cerca de 750 residentes locais foram previamente removidos de uma área de 2,5 quilômetros quadrados ao redor da bomba, embora alguns tenham dito que não sairiam.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Swinoujscie — na época Swinemuende, denominada parte da Alemanha — era a sede de uma das bases navais mais importantes da marinha da alemã e sofreu enormes bombardeios.

LEIA TAMBÉM: Hitler e o Fusca: o nazismo deu origem ao carismático carro

Em 16 de abril de 1945, a RAF (Força Aérea Real, da Inglaterra) enviou 18 bombardeiros Lancaster do 617º Esquadrão, conhecidos como “Dambusters”. 12 Tallboys foram usadas no ataque, incluindo aquele que não explodiu na época.

Tallboys foram projetados para explodir no subsolo próximo a um alvo, provocando ondas de choque que causariam ainda mais destruição.

Com informações do ScienceAlert.

Este texto foi originalmente publicado por HypeScience. Leia o original aqui.