(Créditos da imagem: Reprodução).

Após inúmeros surtos de sarampo na Europa, a Alemanha aprovou uma nova lei que torna as vacinas obrigatórias para as crianças.

A Lei de Proteção contra o Sarampo, que foi adotada em 17 de julho de 2019, entrará em vigor em 1º de março de 2020. Os pais terão que provar que seus filhos foram vacinados antes de entrar na escola ou no jardim de infância. Aqueles que deixarem de fornecer os registros de vacinação de seus filhos até 31 de julho de 2021 poderão receber multas de até €2.500 (cerca de R$10.500) e seus filhos podem ser impedidos de entrar na escola.

A regra também se aplica a professores, cuidadores, médicos e outros adultos que trabalhem em instalações comunitárias ou médicas, que precisarão provar que receberam as vacinas necessárias para adquirir imunidade à doença viral.

Publicidade

“Queremos proteger todas as crianças contra a infecção do sarampo”, disse Jens Spahn, ministro da Saúde da Alemanha, em um comunicado.

A Alemanha tem boas razões para agir. A Europa registrou 82.596 novos casos de sarampo em 2018. A Alemanha estava entre os países mais afetados, com cerca de 651 novos casos de sarampo registrados no Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC).

Publicidade

Enquanto um total de 97% dos alunos da primeira série receberam vacinas na Alemanha, algumas regiões ficam aquém da quota desejada no nível federal. Através desta nova lei, as autoridades alemãs esperam aumentar a sua cobertura bem acima de 95%, o nível recomendado pela Organização Mundial da Saúde. [IFLS].

Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.