Imagem da nova nota de 50 libras, divulgada pelo Banco da Inglaterra. (Créditos da imagem: Reprodução).

O Banco da Inglaterra revelou que Alan Turing — matemático, decifrador de códigos e  renomado cientista da computação — vai aparecer na nova nota de 50 libras, que deverá entrar em circulação no final de 2021.

No ano passado, o Comitê Consultivo para Caráter de Notas decidiu usar a nova nota de 50 libras para celebrar o mundo da ciência. Eles pediram ao público para apresentarem quem eles gostariam de ver na nota mais valiosa do Reino Unido, e um total de 227.299 pessoas participaram. Um vencedor foi então escolhido pelo governador do Banco da Inglaterra, Mark Carney, que selecionou Turing a partir de um grupo que incluía Rosalind Franklin, Stephen Hawking, Mary Anning e Dorothy Hodgkin.

“Alan Turing foi um excelente matemático cujo trabalho teve um enorme impacto sobre como vivemos hoje”, disse Carney em um comunicado. “Como o pai da ciência da computação e inteligência artificial, bem como herói de guerra, as contribuições de Alan Turing foram muito variadas e inovadoras. Turing é um gigante.”

Publicidade

Descrito como um gênio por seus professores da escola, Turing se formou em matemática pela Universidade de Cambridge em 1934 e tornou-se Ph.D pela Universidade de Princeton em 1938. Um ano após a Segunda Guerra Mundial ser declarada, ele foi convidado para trabalhar como decifrador de códigos para o governo britânico. Turing desempenhou um papel fundamental na Segunda Guerra Mundial, quebrando o código Enigma, que era usado pelos nazistas para comunicações secretas.

Turing é frequentemente descrito como o pai da ciência da computação. Enquanto esteve em Bletchley Park, ele desenvolveu uma máquina chamada Bombe para decifrar as mensagens criptografadas pelas máquinas Enigma, e seu trabalho teve um enorme impacto nos campos da ciência da computação e da inteligência artificial. Ele criou o Imitation Game, agora conhecido como Teste de Turing, uma maneira de determinar se um computador é capaz de pensar como um humano.

Publicidade

Embora Turing tenha contribuído enormemente tanto para o esforço de guerra quanto para a ciência em geral, ele foi perseguido pelo governo britânico por ser gay. Ao descobrir que ele tinha tido um relacionamento sexual com um homem, a polícia o acusou de indecência grosseira em 1952 (a homossexualidade não foi descriminalizada no Reino Unido até 1967). Para evitar a prisão, Turing optou por ser castrado quimicamente.

Em 7 de junho de 1954, Turing foi encontrado morto por envenenamento por cianeto, com o inquérito concluindo que ele tirou a própria vida. Em 2013, a rainha emitiu um perdão póstumo a Turing, desculpando-se pela maneira como foi tratado.

Assim como uma imagem de Turing, a nova nota de 50 libras incluirá uma tabela e formulas matemáticas de um de seus trabalhos, sua assinatura e desenhos técnicos da máquina Bombe. Também incluirá uma citação que ele deu ao The Times em 1949: “Esta é apenas uma prévia do que está por vir, e apenas a sombra do que será”. [IFLS].

Compartilhe:
Giovane Almeida
Sou baiano, tenho 18 anos e sou fascinado pelo Cosmos. Atualmente trabalho com a divulgação científica na internet — principalmente no Ciencianautas, projeto em que eu mesmo fundei aos 15 anos de idade —, com ênfase na astronomia e biologia.

Deixe seu comentário!

Por favor, digite o seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui.